Ghost Interview

O novo bilionário do NFT

Alex Atallah é Co-fundador do OpenSea, o maior site para a comercialização de NFTs que passa a valer US$ 13,3 bilhões

Published

on

Há 4 anos, bem antes de você saber o que é NFT (se você ainda não sabe, calma que te ajudaremos), Alex Atallah junto com seu sócio Devin Finzer, fundou a OpenSea, uma das primeiras empresas no mercado de NFTs que decolou no início de 2021. A startup de blockchain com sede em Nova York, se apresenta como uma  ponta na qual os usuários podem criar, comprar e vender todos os tipos de NFTs. 

Já na primeira semana de 2022, a empresa foi avaliada em US$ 13,3 bilhões – apenas 6 meses antes, o valor era de US$ 1,5 bilhão. Co-fundador e CTO do OpenSea, nascido no Coloado e formado em Stanford, Alex Atallah vale hoje cerca de US$2,2 bilhões segundo estimativas da Forbes


Alex, para começarmos, explica para a gente…O que é um NFT?

Um NFT é um bem digital único e discreto que está anexado à mídia e você pode provar sua escassez de alguma forma. A propriedade não é hospedada por nenhuma empresa. Não existe uma única empresa, como o Facebook, Google ou Apple, controlando quem é o dono.

(Entrevista no canal Open Sea no Youtube publicada em 17 de agosto de 2021)

E quais as vantagens das pessoas usarem??

São dezenas de milhares de computadores em uma blockchain e isso fornece este novo conceito de propriedade digital verdadeira que ninguém nunca procurou antes porque ninguém sabia que era possível, mas agora que é, você pode ter coisas no mundo digital assim como você possui coisas no mundo físico onde você tem controle total, podendo vendê-lo ou mantê-lo.

(Entrevista no canal Open Sea no Youtube publicada em 17 de agosto de 2021)

Nos últimos meses que tivemos essa explosão do termo NFT pelo mundo, na sua visão, quais foram os fatores que levaram a este crescimento?

É uma história longa construída com diferentes partes que contribuíram para isso. Houve algumas influências diferentes em 2020 que melhoraram a infraestrutura, não foi um único vetor que tornou os NFTs muito mais acessíveis às pessoas. 

Uma grande força foram os artistas digitais em março do ano passado com a pandemia, você sabe, eles estavam pensando em quais tipos de novas oportunidades e maneiras de gerar receita, nossos artistas digitais não tinham maneiras de monetizar os seus trabalhos. O NFT permite que seu trabalho seja valorizado diretamente pelos seus verdadeiros fãs. Logo depois vimos músicos, finanças descentralizadas e criadores digitais…

(Entrevista ao Benzinga publicada em 27 de agosto de 2021
(Entrevista no canal Open Sea no Youtube publicada em 17 de agosto de 2021)

Você entrou nesse mundo há 4 anos atrás, como era nesta época? 

O interesse na criptografia começou em 2017, era um momento em que estava todo mundo tentando entender o que estava acontecendo, havia muita especulação. Eu e meu co-fundador estávamos fazendo algo completamente diferente na época, estávamos construindo outro software que logo mudamos para construir o OpenSea porque algo muito louco estava acontecendo…De repente as pessoas estavam comprando esses itens de jogos digitais em um jogo chamado Cryptokitties, eles não estavam especulando sobre a criptomoeda, era na verdade porque eles queriam jogar o jogo! 

(Entrevista no canal Open Sea no Youtube publicada em 17 de agosto de 2021)

O que fez você entrar neste mercado?

Nós víamos comunidades que se preocupavam além da especulação. Eu estava procurando aplicações que não tivessem a ver com a especulação, portanto, começamos a experimentar…

(Entrevista ao Finding Genius publicada em 18 de maio de 2021

Como você vê a aceitação do público com este universo?

As pessoas entendem que essa ideia de um objeto digital único que você pode ter em sua carteira e negociar livremente é legal e emocionante. Recentemente, houve uma grande aceitação desses projetos de arte colecionáveis, onde há alguma escassez associada aos itens ou talvez haja um jogo associado a eles. Capturou a imaginação de um grupo mais amplo de consumidores.

(Entrevista ao Benzinga publicada em 27 de agosto de 2021)

E daqui 4 anos? Como você imagina estar o mercado frente a esta tecnologia? 

Haverá milhares e milhares de jogos assim como milhares de sites que recebem algum rastreamento e todos sairão decentemente bem ou muito melhor porque todos trabalham juntos neste ecossistema que compartilha o sucesso em vez de ficar isolado em seus próprios jogos, mundos e bolhas de usuários.

(Entrevista ao canal NFT NY publicada em 7 de fevereiro de 2019)

Você acha que o empreendedorismo crescerá com NFTs?

Eu acho que com um pouco mais de trabalho e se a criptomoeda for mais fácil de adquirir, criar seus próprios ativos digitais e colocá-los à venda será a maneira mais fácil de qualquer pessoa ser um empreendedor. Você pode criar sua própria vitrine. Isso é algo que a OpenSea te ajuda a fazer, com que você realmente seja o proprietário. Você pode colocá-lo em qualquer marketplace ou em qualquer site. Você começará a ser um artista digital ou empreendedor de uma maneira confiável e de repente é tão mais fácil ser seu próprio chefe! 

(Entrevista ao canal MikoBits publicada em 1 de setembro de 2020)

A tecnologia do NFT vêm sendo aplicada aos mundos virtuais que também estão crescendo, como por exemplo a Meta Residence, que será a primeira casa à venda do mundo a ter uma versão física e outra virtual no metaverso. Você acredita que é algo do momento ou que será tendência para os próximos anos?

Eu não tenho a métrica de quanto tempo as pessoas estão gastando no mundo virtual. Se formos contar todos os mundos virtuais de tudo o que ouvi, está explodindo. Sempre que os usuários estão se lembrando de lugares diferentes em um mundo virtual e meio que desenvolvendo familiaridade com ele, ele está gastando tempo com o mundo virtual. 

Quanto mais tempo você gasta, mais você se preocupa. E quanto mais as pessoas se importarem com o mundo virtual, mais elas querem possuí-lo. Isso permite que você controle o que é construído em cima dele, as experiências que podem acontecer…

(Entrevista ao Antler Global publicada em 28 de Julho de 2021)

Para finalizarmos, que conselho você tem para novos compradores?

Eu diria que se junte às comunidades dos projetos NFT em que você está interessado e tente se tornar um membro. Em vez de comprar coisas aleatoriamente, é importante entender o que significa fazer parte da coleção ou do trabalho do criador e aprender sobre o criador se você estiver comprando arte NFT, para entender o contexto, a motivação e para onde estão indo e qual é a visão de longo prazo.

(Entrevista ao Benzinga publicada em 27 de agosto de 2021)

Continue Reading
300x250

Posts recentes

Categorias

Trending

Copyright © 2021 Morse News