News

Youtube terá loja virtual em parceria com Shopify & Netflix perde quase 1 milhão de assinantes

O drama e investimentos da Netflix marcam a semana!

Published

on

/What´s Up?
O que agitou os últimos dias em nosso mercado

01/ Youtube lança, em parceria com a Shopify, recurso que permite com que usuários comprem produtos e serviços enquanto assistem vídeos na plataforma

O serviço levará lojas para os canais dos criadores de conteúdo onde, com o suporte do e-commerce, poderão vender os seus produtos. A Shopify ficará responsável pelo gerenciamento de estoque em tempo real e o Youtube de monitorar as vendas pela guia “Compras”. Ao adicionar um novo produto pelo site ele aparecerá automaticamente na loja do seu canal e a compra pode ser feita sem sair do site, não precisando redirecionar os seguidores para sites externos. A iniciativa foi pensada para ajudar os criadores a desenvolverem suas próprias marcas e aumentar a chance de conversão, além da segurança, já que o consumidor não precisa tomar passos extras para realizar a compra.

02/ A Netflix perdeu quase um milhão de assinantes, mesmo sendo metade da perda projetada em abril, foi a maior queda de assinantes da plataforma em todos os tempos

No primeiro trimestre de 2022, a Netflix perdeu assinantes globalmente pela primeira vez desde outubro de 2011 e não atingiu sua meta projetada de 2,5 milhões de adições líquidas. Mas as coisas podem estar melhorando para a Netflix, que está projetando 1 milhão de adições de assinantes no terceiro trimestre. O aumento da concorrência de outros serviços de streaming continua sendo um problema para a empresa, embora estejam confiantes de que podem combater a desaceleração do crescimento da receita por meio de sua lista de conteúdo. A empresa também citou dados da Nielsen, dizendo que sua participação na TV nos EUA atingiu uma alta histórica de 7,7% em junho, mais do que qualquer outro canal e quase igualando o total combinado das duas redes de transmissão mais assistidas.

03/ Netflix quer que a TV linear morra. Segundo o CEO Reed Hasting, o modelo estará morto em 5 a 10 anos

Um dos maiores concorrentes da Netflix é o conjunto de canais de streaming totalmente gratuitos que transmitem em qualquer TV com antena e a cabo. A Netflix precisa que a TV linear morra porque precisa dos redutos de streaming que ainda usam o modelo linear. A empresa está fazendo esforços para ganhar assinantes: baixando preços com auxílio de anúncios e tentando acabar com a prática de compartilhamento de contas. Os números de audiência de TV caíram mas a transmissão ainda é grátis e possuem conteúdos de alto sucesso até hoje que a Netflix luta para conseguir o licenciamento.

/Following Up
Aquelas notícias que merecem um retorno 

04/ Instagram lança  recurso de mapa para descobrir negócios locais e obter mais informações sobre eles

A nova opção Map Search permitirá que os usuários do IG explorem locais marcados populares ao seu redor, enquanto você também poderá filtrar os locais por categorias específicas, como restaurantes, cafés e salões de beleza. Agora, você também poderá explorar mais conteúdo baseado em localização, com stories e postagens públicas e marcadas, fornecendo contexto adicional e mostrando a aparência de cada empresa, com base na experiência de outros usuários do IG, tornando-se mais importante ainda para marcas atualizarem informações e incentivarem os visitantes a marcá-los. Os usuários poderão também salvar locais em uma coleção para revisitar no futuro e compartilhar lugares por mensagem direta para amigos ou grupos.

05/ Snapchat lança versão desktop do aplicativo, inicialmente disponível para assinantes do Snapchat+

O Snapchat para web permitirá que os usuários enviem mensagens e façam videochamadas diretamente de seus PCs de mesa, fornecendo outra maneira de interagir com suas conexões Snap. Com tantas pessoas agora procurando trabalhar em casa após a pandemia, o Snapchat provavelmente vê mais oportunidades de maximizar suas conexões criando um aplicativo da web separado. Assim como no aplicativo normal, seus Snaps desaparecerão após 24 horas. O Snapchat web, além de estar disponível apenas para assinantes do Snapchat+, também está apenas disponível nos EUA, Reino Unido e Canadá.

/Coming Up
Radar do Morse sobre novas tendências, produtos e serviços

06/ Microsoft lança simulador para treinar sistemas de IA de drones

O Project AirSim é um simulador de voo para drones, que as empresas podem usar para treinar e desenvolver software para controlá-los. As empresas podem ver virtualmente como o veículo voa em situação de risco na realidade, como em chuva, perto de linhas de energia e ventos fortes. A empresa prevê que a tecnologia seja usada para treinar os sistemas de IA que pilotam veículos aéreos autônomos de táxis aéreos a drones de entrega. A Microsoft já trabalhou com projetos parecidos que serão aposentados, o novo contém mais recursos prontos para uso e requer menos conhecimento técnico para usar.

07/ O SVP do Google revelou que quase 40% dos jovens, quando procuram um lugar para almoçar, não vão no Google, eles vão para o TikTok ou Instagram

Essa troca de aparelho de pesquisa pode parecer ruim para o Google, mas eles enfrentam muito escrutínio antitruste e a estatística de 40% se encaixa perfeitamente com as outras defesas do Google, como “55% das pessoas iniciam pesquisas de produtos na Amazon, não no Google”. Eles possuem também o YouTube Shorts, versão do TikTok do Google, com 1,5 bilhões de usuários, que pode ser utilizado como ferramenta de pesquisa, tornando a experiência de pesquisa mais parecida com o TikTok no futuro. Com os problemas que o TikTok vem enfrentando em relação ao acesso de informações, não seria extremo pensar que qualquer ação por parte do Google para reverter essa situação seria bem vista por muitos americanos.

08/ Inteligência artificial para brainstorming: Rain, uma startup de “criatividade aumentada”, utiliza a inteligência artificial para ajudar os profissionais e empresas nos processos de brainstorm de ideias originais

A plataforma movida à inteligência artificial detém conhecimentos de todas as disciplinas de comunicação para ajudar anunciantes, publishers e agências na capacidade criativa do time. O recurso é ativado através do reconhecimento de voz e oferece respostas aos questionamentos do usuário, oferecendo insights, inputs e brainstorming. A Rain nasceu a partir da necessidade de aumento de produtividade do próprio time criativo e o seu papel é preencher um gap que existe na área de comunicação que é a inviabilidade de uma empresa contratar todo o tipo de especialista ou pagar uma pessoa que saiba tudo.

09/ Uma pesquisa feita pelo Snapchat revela tendências da Geração Z e como a realidade aumentada para uso em compras é impulsionada por este público

Essa geração está mudando as experiências de compras, procurando experiências mais imersivas e mais conectadas com outras pessoas e marcas. Com o objetivo de entender os hábitos e preferências desse público, online e offline, para entender a sua relação com as marcas e propagandas, a pesquisa aponta que 96% desse público está interessado em usar a realidade aumentada para fazer compras e 90% gostariam de usar a tecnologia para experimentar os produtos. A pesquisa aponta também que 83% das pessoas dessa geração estão buscando e priorizando ações que valorizem o bem coletivo e que a maioria acredita que tecnologias como AR conseguem aproximar mais as pessoas das marcas e do coletivo.

10/ O Movimento Tech, liderada por iFood e XP Inc, já arrecadou R$ 5,2 milhões e espera chegar a R$ 2,1 bilhões até 2030 para despertar o interesse das novas gerações e capacitar profissionais para amenizar o apagão tecnológico

O Movimento Tech é uma plataforma de investimento social criada para apoiar a formação de pessoas para o mercado brasileiro de tecnologia. Liderada pelos patrocinadores iFood e XP Inc, a iniciativa acaba de lançar o movimento Tech Movement 2030, que busca arrecadar R$ 100 milhões até 2025 para apoiar a causa, dando prioridade aos grupos sub-representados e pessoas de baixa renda. O objetivo do projeto é contribuir para a transformação social e o desenvolvimento do país e transformar o Brasil em um país próspero e protagonista em termos de tecnologia, com oportunidades de trabalho e carreira. A estimativa é que até 2025 o país tenha um déficit de profissionais de tech de 530 mil pessoas e a taxa de desemprego é de 9,8%, atingindo 10,6 milhões de pessoas. 

/Gaming Up
Deals que Tendências, dados e notícias sobre o universo gamer para marcas. Projeto em parceria com a TripleA.Games

11/ Abragames apresenta primeira pesquisa nacional da indústria de games onde releva sobre a presença brasileira no exterior e aumento de mulheres trabalhando no desenvolvimento de games

Entender o cenário de games brasileiro ajuda os desenvolvedores e estúdios a verem como anda o setor, além de observar aspectos a melhorar e oportunidades. Segundo o estudo, houve um aumento de mulheres trabalhando no desenvolvimento de games (29,8% hoje contra 15% em 2014), além disso, mais da metade das empresas brasileiras afirmam ter uma força de trabalho diversa, o que é benéfico para o processo criativo do desenvolvimento. A pesquisa também aponta a presença brasileira no mercado de games no exterior, com 57% das desenvolvedoras afirmando terem vendido serviços e games para empresas de outros países no ano passado.

12/ O primeiro mundo Minecraft seguro para crianças foi feito pela B2Mamy, hub de inovação para mães empreendedoras, e a startup GamerSafer para garantir segurança e experiências apropriadas

O mundo está disponível para jogadores de 6 à 14 anos para tranquilizar os pais em relação à interação com pessoas desconhecidas e potencialmente perigosas. A parceria da GamerSafer e B2Mamy disponibiliza o controle parental, incluindo controle do tempo de jogo. As interações dentro do jogo serão monitoradas humanamente pela B2Mamy e apenas crianças poderão interagir entre si, sem competições permitidas. O jogo Minecraft foi escolhido para a iniciativa por ser um dos jogos mais jogados no mundo e ter uma faixa etária extensa, podendo se tornar um perigo para crianças interagindo com adultos de até 50 anos em média.

/Cashing Up
Deals que movimentaram o mercado

13/ A Netflix planeja adquirir o estúdio de animação Animal Logic, conhecido por fazer sucessos como Happy Feet e The Lego Movie

A aquisição tem o propósito de ajudar a Netflix a acelerar o desenvolvimento das capacidades de produção de animação e reforçar o compromisso de construir uma animação de classe mundial segundo a plataforma de streaming. A aquisição deve ser concluída esse ano e as duas empresas já estão trabalhando no primeiro filme, previsto para 2023. A Netflix havia demitido 70 funcionários de seu estúdio de animação, mas agora contam com 800 pessoas da Animal Logic para tocar cada vez mais projetos animados.

14/ A Flash entra no negócio de despesas corporativas com a aquisição da ExpenseOn

A compra partiu da identificação do controle das despesas como outra dor dos RHs das empresas e a Flash pretende lançar novas soluções como um cartão corporativo integrado com a solução de benefícios. A solução da startup adquirida permite que empresas possam gerenciar as despesas corporativas, com todo o fluxo de informações e aprovações acontecendo de forma integrada, contando com uma inteligência artificial que lê os comprovantes de forma automática, extinguindo potenciais erros e entregando uma economia de tempo que chega a 60%. Apesar de distinta do core business da Flash, a aquisição será bastante complementar na oferta da HRTech em melhorar a gestão no RH das empresas. 

“Da Favela pro Metaverso”, acompanhe aqui a versão em video do MorseCast com Edu Lyra, Fundador da Gerando Falcões, e Eco Moliterno, CCO Latam, da Accenture Song.

Continue Reading
300x250

Posts recentes

Categorias

Trending

Copyright © 2021 Morse News