Fintech & Futuro do Dinheiro

A nova de Jack Dorsey & a Black Friday das PMEs

Published

on

/What’s Up?
O que agitou os últimos dias em nosso mercado

01/ Square agora se chama Block
Mais um rebranding de empresa de tecnologia em 2021. Jack Dorsey, agora que deixou de ser CEO do Twitter, focou suas energias na sua fintech, a Square. E, nesta semana mesmo, já mudou o nome da companhia: para Block. Esta é uma forma da empresa mostrar que está deixando de ser apenas “a criadora da maquininha de cartões quadrada”, para focar em tecnologias financeiras, tais como… criptomoedas e blockchain.


02/ StartSe investe em portal Startups
Junto com a Conta Simples, a StartSe fez aporte de mais de R$ 1 milhão no portal de notícias sobre inovação, startups e venture capital que busca ser o TechCrunch do Brasil. Na busca de sinergias com os produtos dos investidores estratégicos, o Startups também oferecerá seu conteúdo na plataforma StartSe.

03/ Google prepara smartwatch que pode ser lançado em 2022
Sim, a corrida para o hardware começou. Quer dizer, recomeçou. E já falamos disso por aqui. Segundo o The Verge, o Google está já em fases finais para colocar o Pixel Watch nas prateleiras. O relógio vai funcionar de maneira independente da FitBit (empresa que a Alphabet comprou há dois anos). A ideia é competir com o Apple Watch…


/Coming Up
Radar do Morse sobre novas tendências, produtos e serviços

04/ PMEs faturaram 30% mais na Black Friday 2021
No Brasil, o final de semana de vendas foi movimentado para as Pequenas e Médias Empresas. O levantamento feito pela Nuvemshop mostra que o faturamento destas empresas chegou a R$ 75mi durante a Black Friday deste ano, comparado com  R$ 57,7mi do ano passado. Muito desse resultado vem dos ganhos com a a digitalização que estas empresas passaram. Quer saber mais sobre digitalização de PMEs? Acesse o digitaliza.ai e se cadastre para o lançamento em Janeiro de 2022.

05/ Amazon deve passar UPS e Fedex e se tornar o maior serviço de delivery dos EUA
Executivos da empresa disseram à CNBC que tal movimento deve acontecer já no final deste ano.  A Amazon tem aumentado cada vez mais o seu serviço de logística nos Estados Unidos. Em agosto, 66% das entregas de produtos da empresa já eram feitas apenas pelo próprio delivery.
 

06/ AWS lança chip e um app Low Code para desenvolver apps 
Num ano completamente fora do padrão, o re:Invent 2021, evento da AWS acabou rolando nesta última semana. Nele, a área de serviços em nuvem da Amazon lançou algumas “surpresinhas”. A primeira foi um chip capaz de processar machine Learning mais rapidamente (uma tendência que comentamos por aqui); a segunda foi o Amplify, um “estúdio” Low Code para criação de apps que se conecta diretamente com o Figma.

07/ Facebook testa feature de “dividir conta” no Facebook Messages 
O teste está sendo feito para a audiência norte-americana e vai permitir que os usuários compartilhem contas e custos pelo aplicativo. A feature conecta com uma conta do Facebook Pay e vai liberar envios de links para grupos de mensagem. Aqui no Brasil, o WhatsApp já libera a função de pagamento. E o Uber já tem a função de compartilhar conta. 

08/ Mercado Pago entra no mundo de criptomoedas
A financeira do Mercado Livre vai possibilitar a compra e a venda de criptomoedas no aplicativo. Serão três criptomoedas – bitcoin, ethereum e USDP – e todas elas serão convertidas para real. Com uma taxa de 2% para o Mercado Pago. O teste será rodado aqui no Brasil, e ainda não está previsto para chegar em outros países que possuem Mercado Pago. 

09/ Tesla for Kids
A companhia de Elon Musk está vendendo um quadriciclo elétrico para crianças. Quanto custa? Apenas US$ 1,9 mil. Ah, o produto tem lista de espera (que já lotou). A pergunta que não quer calar é: será que vai ser autônomo também?!


/Fighting Up
Big Techs, big responsabilities and bigger problems

10/ Meta terá que vender Giphy, diz regulador britânico
A Autoridade de Concorrência e Mercado do Reino Unido, mais conhecido como CMA, informou que a dona do Facebook vai ter que “desistir” da aquisição da Giphy, anunciada em maio de 2020. Segundo a organização, a fusão entre as empresas eliminou um “potencial concorrente no mercado de publicidade gráfica”. “Ao exigir que o Facebook venda a Giphy, estamos protegendo milhões de usuários de mídias sociais e promovendo a concorrência e a inovação na publicidade digital”, acrescentou a CMA. Quer saber mais sobre o Giphy e entender o que está por trás dessa tentativa de aquisição? Temos um Ghost Interview com o Alex Chung, CEO da empresa, que fizemos em 2020, na época que comunicaram a aquisição.


/Cashing Up
Deals que movimentaram o mercado

11/ Daki se torna unicórnio em 10 meses
App brasileiro de entregas em até 15 minutos foi avaliado em US$ 1,2 bilhão. O valuation veio depois de rodada de investimento de US$ 260 milhões, liderado pelos fundos Tiger Global, GGV Capital e Balderton Capital. A Daki aposta em ter um centro próprio de dark stores.


12/ Unico compra edtech SkillHub
Startup de identidade digital e biometria comprou a SkillHub, empresa de benefícios em educação. A SkillHub trabalha com empresas que querem usar a educação como benefício corporativo e mecanismo para atração e retenção de talentos.


13/ Nuvemshop compra edtech Ecommerce na Prática
Mais uma aquisição que liga o mercado B2b com o conteúdo. A plataforma de e-commerce voltada para pequenos negócios comprou a comunidade e escola de e-commerce. O foco da Nuvemshop é se tornar hub completo para pequenos empreendedores.


14/ Didi começa processo para sair da bolsas de NY
Sim, cinco meses depois de fazer um IPO de US$ 4,4 bilhões em Wall Street, a companhia chinesa está pedindo para mudar suas ações para a bolsa de Hong Kong. O movimento da dona do 99 é uma demanda do governo chinês.

Continue Reading
300x250

Posts recentes

Categorias

Trending

Copyright © 2021 Morse News