Big Techs & Big Troubles

A aposta do Google & o fôlego final das startups brasileiras

As 15 últimas notícias de 2021 mostram que o ano foi agitado para as startups brasileiras e para os apps!

Published

on

/What’s Up?
O que agitou os últimos dias em nosso mercado

01/ Google está construindo um sistema operacional para Realidade Aumentada
A Big Tech já está de olho em como se tornar o “android” dos dispositivos de realidade aumentada. No ano passado, o Google comprou a North, que fabrica devices de AR, mas, aparentemente, o foco do Google está muito mais em se tornar a plataforma operacional do que em fazer, de fato, estes hardwares. E olha que eles foram um dos primeiros a testar entrar neste mercado com os já descontinuados Google Glasses.


02/ TikToK vai abrir um restaurante delivery
Quer dizer, o aplicativo vai começar a operar no negócio de restaurantes. Sabe aquelas receitas que viralizam no TikTok? Então, em breve, os usuários poderão pedir para receber em casa. A plataforma fechou parceria com a Virtual Dining Concepts nos Estados Unidos, e deve iniciar um piloto para criar um delivery, que começará a operação em março do ano que vem. O teste começará com 300 “TikTok Restaurants”, dark kitchens focadas em receitas e comidas que bombaram no app.


03/ Número de empresas de tecnologia cresce 55% no Brasil
Juntas, elas faturaram R$ 426,9 bilhões em 2020, o equivalente a 5,6% do PIB brasileiro. De acordo com relatório da ACATE em parceria com a Neoway, 85 mil empresas de tecnologia foram fundadas no último ano, 55% a mais do que em 2018 e 25% a mais do que em 2019. O que significa que o Brasil, no momento, tem um pouco mais de 420 mil empresas tech. E se você está se perguntando; “Mas, como eu faço para encontrar essas empresas? Descobrir o que fazem? E como podem ajudar o meu negócio?”. Aguardem! Em Janeiro de 2022 lançaremos oficialmente o Digitaliza.ai, o Marketplace do Morse com as principais soluções digitais 🙂


/Following Up
Aquelas notícias que merecem um retorno 

04/ Reddit finalmente entra com papelada para IPO
O mercado já fala desde o começo do ano que a rede social iria abrir capital, mas a empresa resolveu enviar a documentação toda para a SEC apenas no final de 2021. Os rumores é que a companhia está focando num valuation acima dos US$ 15 bilhões, lembrando que, atualmente, o valor de mercado do Reddit é de US$ 10 bilhões. Só um detalhe, a galera do WallStreetBets não está muito animada com essa operação, não.

05/ Snapchat cria app de edição de vídeos curtos
O Story Studio pode ser usado para criar e melhorar os stories, ou vídeos verticais postados no Snapchat. O aplicativo também vai permitir acrescentar elementos como texto, áudio e lentes de realidade aumentada. É uma forma do Snapchat estar ainda presente no mercado de vídeos curtos de maneira mais horizontal, sem precisar que os usuários, de fato, postem em seu app.


06/ Instagram ultrapassa os 2 bilhões de usuários mensais
A informação veio da CNBC. Mesmo em um ano tumultuado para o aplicativo de compartilhamento de fotos, houve aumento no número de MAUs. O app tinha passado dos 1 bilhão de usuários mensais ativos em junho de 2018 e, desde então, tem focado em features de vídeos curtos, vendas, compartilhamento e live stores.


07/ Nike compra estúdio que cria sapatos para o metaverso
A aposta da Nike no metaverso está aumentando. Na última semana, a companhia comprou a RTFKT (leia-se Artifact), que é basicamente uma empresa que fabrica bens digitais para serem vendidos via NFT.


/Coming Up
Radar do Morse sobre novas tendências, produtos e serviços

08/ Apple quer criar os próprios chips wireless para o iPhone
A empresa abriu uma área no sul da Califórnia apenas para recrutar profissionais da Broadcom e da Skyworks. O foco? A Maçã quer fabricar seus próprios chips de wireless, e circuitos de frequência de rádio integrada. Atualmente, os aparelhos da Apple usam essas partes compradas de outras empresas. Este é um assunto que vai pegar fogo em 2022: a briga das Big Techs para serem completamente produtoras de seus hardwares.


09/ Uber vai testar entrega de alimentos autônomo no ano que vem
Em parceria com a companhia Motional, a Uber Eats vai testar fazer entregas automatizadas com carros autônomos. Nos primeiros testes, os veículos ainda terão motoristas, mas a ideia é que, depois desta fase de testes, os automóveis fiquem “sozinhos”.


10/ Spotify compra plataforma australiana de podcasts Whooskaa
A nova aquisição do app abre espaço para quem cria conteúdo publicar, transmitir e monetizar os podcast ‘on demand’. O Whooskaa vai ser integrado ao Megaphone, plataforma de mensuração de podcasts que o Spotify comprou no ano passado. Além disso, o streaming de áudio ainda colocou a opção de avaliar os podcasts (não esqueça de dar cinco estrelas para o MorseCast, inclusive!).


/Cashing Up
Deals que movimentaram o mercado

11/ Olist se torna unicórnio depois de aporte de US$ 186 milhões
Nos 45 do segundo tempo, a startup curitibana especializada em comércio eletrônico se tornou o mais novo unicórnio brasileiro, chegando a um valuation de US$ 1,5 bilhão. A startup recebeu aporte de US$ 186 milhões liderado pelo fundo Wellington Management. A Olist tem como mercado foco as PMEs que querem entrar no mercado de e-commerce e oferece, em um espaço só, soluções de logística, venda e gestão para operar em marketplaces.


12/ Ebanx compra Remessa Online por R$ 1,2 bilhão
Falando em startups curitibanas, a startup que faz processamento de pagamentos comprou a fintech especializada em serviços de remessa internacional para PMEs. Este é o maior negócio da Ebanx até agora. Lembrando aqui que, em julho, a Remessa Online fechou uma parceria com a Nubank, que deve continuar, mesmo com a aquisição. Com isso, a Ebanx pode começar a operar no mercado de pessoas físicas e pequenas empresas.


13/ Startup brasileira Arquivei recebe investimento de R$ 260 milhões
Companhia que faz gestão inteligente de notas fiscais recebeu um aporte de US$ 48 milhões liderado pela gestora norte-americana Riverwood Capital. A plataforma da Arquivei tenta ser “o Google das Notas Fiscais” e já tem grandes clientes como iFood e Volkswagen. O modelo de negócios da startup prevê uma assinatura mensal, em contratos anuais, que custam entre R$ 40 e R$ 100 mil.


14/ Dr.Consulta compra fatia da cuidar.me e entra em planos de saúde
A healthtech brasileira fez a aquisição de 27,5% da startup cuidar.me, que é especializada em planos de saúde com valores reduzidos (a partir de R$ 169 mensais). Com a operação, a Dr.Consulta pretende vender os planos para os seus 4,5 milhões de usuários.


15/ Startup que automatiza PMEs recebe investimento de R$ 15 milhões
A BotCity, startup de programação e robótica, que tem foco em acelerar a automação dentro das pequenas empresas, recebeu rodada seed liderada pela Astella e pelo SoftBank. A startup tem uma plataforma que deixa mais simples para programadores criarem pequenas automações de tarefas do dia a dia dentro de negócios.

Continue Reading
300x250

Posts recentes

Categorias

Trending

Copyright © 2021 Morse News